ARQUIVO DE ARTIGOS

Lìngua: PORTUGUÊS

Missões” da EdC saem do papel e têm início em maio de 2014 no Nordeste do Brasil

O diagnóstico e as propostas do Plano de Ação 2014-2018 apontavam para a necessidade de estreitar o relacionamento e levar o concreto apoio aos empresários.

por Ana Cassiópia L. Barrêto e Socorro Martins

publicado em anpecom.com.br

140531 Brasil Missoes Nordeste O primeiro pensamento que tivemos, enquanto Comissão de EdC na região, foi de sistematizar visitas, que findamos por chamar de “missões”. Relatamos aqui algo sobre a experiência feita até agora, caracterizada por muita espontaneidade e liberdade:

Começar por quem está mais próximo
Polo Ginetta, Igarassu-PE, empresa Lado C Embalagens: em 22 de maio estivemos com a empresária Aparecida Pina. Foi importante ir até lá e partilhar alguns entraves, que compreendiam, também, aspectos no âmbito financeiro e, neste diálogo, encontrar juntos algumas possíveis soluções. Aproveitando, por exemplo, da experiência de uma das pessoas da comissão junto a um agente financeiro que fez imediatamente contatos telefônicos. Por coincidência, o referido banco inauguraria nova agência no município no dia seguinte e para lá foram diversos representantes da EdC e do Polo Ginetta . Ficamos muito felizes pelos encaminhamentos que pareciam ter sido tecidos especialmente pelo “sócio invisível” (1). A comunhão realizada foi edificante para os que lá estávamos e um novo ânimo surgiu de parte a parte.140523 Brasile Nordest 1

Pessoas preparadas
Três dias depois, 25 de maio, foi a vez de Caruaru, onde visitamos a Construtora Agreste, empresa simpatizante da EdC. Conversamos cerca de duas horas. Os temas versaram sobre o modo de trabalhar da pequena construtora e outros, num precioso momento de conversa, destacando-se a atitude transparente e verdadeira por parte do empresário. Não restou dúvida de que a construtora é uma empresa diferente, pois 100% dos seus sócios possuem uma afinidade incomum, comparativamente às afeições normalmente encontradas no meio empresarial. A confiança incondicional e o amor recíproco regem as relações entre os sócios. Essas características, descritas pelo nosso interlocutor, deixam claro que a empresa nasceu sob a égide da comunhão, portanto, já pratica as Linhas de Gestão da EdC.

O jovem empresário contou-nos fatos muito belos com funcionários e clientes, como, por exemplo, o tratamento que deu a um estagiário ao conferir-lhe uma remuneração digna e diferenciada do mercado, cultivando a fidelidade do mesmo à empresa, tendo desenvolvido uma aproximação maior com essa pessoa. Trocamos, ainda, idéias sobre questões tributárias e de documentação ligadas à construção civil em geral, além de opções de financiamento bancário, ética nos negócios, dentre outros assuntos do setor.

140523 Brasile Nordest 2Ainda em Caruaru-PE, no dia seguinte fomos bater à porta do Laboratório Luiz Alberto Florêncio. Éramos dois membros da Comissão e um empresário nascido em Caruaru e que atua também em Maceió, com o qual havíamos anteriormente degustado um delicioso café, em clima fraterno. Recepcionados pelo empresário, fomos para a sua sala de trabalho. A conversa foi desenrolando-se de modo espontâneo e falamos sobre a EdC e o seu modo de atuação. Inicialmente, o Dr. Luiz Alberto falou rapidamente da sua participação na Pastoral da Criança e, em seguida, passou a dizer do modo como atua na empresa, mesmo se ainda não falou abertamente da EdC em reuniões internas, mas que gostaria de, efetivamente, estar mais perto da EdC. Sugerimos a utilização do "dado das empresas", enquanto modo de introduzir os valores da EdC. Tiramos dúvidas concretas do empresário sobre o modo de fazer a comunhão e comparamos a EdC com outros movimentos que surgem na sociedade dos quais a EdC se distingue pela sua essência e vínculo com o carisma da unidade. Na saída, fizemos uma foto e sentíamos o coração pleno de alegria. Uma missão coroada de êxito, até com um empresário tão disposto e aberto à mensagem da EdC.

Comunhão entre Carismas
Para fechar o mês, no dia 31 de maio estivemos em Natal-RN, num encontro que contou também com a presença de membros da Renovação Carismática Católica. O objetivo do evento era estreitarmos laços e colocarmos em relevo as atividades da Economia de Comunhão. A liberdade que todos tiveram ao se expressarem foi verificada desde o fato de contar a própria realidade pessoal até a forma de apresentar pistas de como vivenciar melhor os nossos valores na empresa e nos empreendimentos sociais. Alguns de nós contaram pequenas experiências de acionistas do Polo em consórcios, outros fizeram uma conexão com o “morrer pela própria gente” (2) e o hoje da EdC. Mesmo com poucos recursos de mídia, nos empenhamos em mostrar as fotografias do Projeto Ex-cola (que se inspira na EdC) e também as da visita de Maria Voce (Emmaus) e Giancarlo Falletti ao Polo Ginetta. Foi neste clima de simplicidade e harmonia que a Rede Novo Tempo apresentou o projeto da Comunidade Terapêutica em andamento desde 2011 e entregamos a alguns acionistas o livro “Pessoas que fazem EdC”. Ainda como fruto deste encontro, duas pessoas de nossa comunidade doaram suas “milhas” para um jovem ir à Escola de Economia de Comunhão no México. Uma das pessoas presentes assim definiu este momento: “foi uma tarde marcante e definitiva na minha vida”.

_____________________________
1 - "Quando a abertura ao outro torna-se recíproca, compartilhada, então a capacidade de alcançar os objetivos comuns se multiplica, permitindo experimentar a presença da Providência divina, que muitos na Economia de Comunhão consideram como um autêntico “sócio invisível”, fundamental para a vida de suas empresas e da comunidade. O mesmo relacionamento de reciprocidade se estabelece com os fornecedores, com os clientes e até mesmo com os concorrentes." (Maria Voce, 2011 - da mensagem à Assembleia Internacional)

2 - Expressão que marca o discurso proferido em 1979 por Chiara Lubich, fundadora do Movimento dos Focolares, convidando cada um de seus membros a trabalhar, na própria cidade, “por aqueles que mais sofrem”.

Image

ARQUIVO DE ARTIGOS

Lìngua: PORTUGUÊS

LIVROS, ARTIGOS & MEIOS

Lìngua: PORTUGUÊS

Filtrar por Categorias

© 2008 - 2022 Economia di Comunione (EdC) - Movimento dei Focolari
creative commons Questo/a opera è pubblicato sotto una Licenza Creative Commons . Progetto grafico: Marco Riccardi - edc@marcoriccardi.it